Estudantes Brasileiros

Se é estudante brasileiro e quer ser aluno da Universidade Lusófona de Lisboa num curso de graduação pode apresentar a sua candidatura através do Concurso para Estudantes Internacionais. O Concurso para Estudantes Internacionais aplica-se a alunos não residentes da União Europeia que pretendam frequentar um curso de Graduação em Portugal. Neste concurso o seu ENEM é aceite!

Caso queira cursar um curso de pós (stricto senso - mestrado ou doutorado) pode fazer a sua candidatura como aluno titular de um curso superior. Portugal está esperando por você!

Fale Conosco!

Informação Importante

Informações fraudulentas sobre oferta de Cursos da Universidade Lusófona no Brasil

Sendo do Conhecimento da Universidade Lusófona que diversas instituições estão a anunciar no Brasil a oferta de cursos desta instituição ao abrigo de supostas parcerias, vimos por este meio informar desconhecer por completo qualquer uma dessas ofertas não podendo de forma nenhuma, a Universidade Lusófona, ser responsabilizada por qualquer informação veiculada por esses anúncios ou através de entidades terceiras que não os próprios serviços da Universidade. Qualquer candidato Brasileiro interessado na oferta educativa da Universidade Lusófona deverá contactar diretamente os serviços da Universidade para obter qualquer informação ou esclarecimento.

Parcerias Fidedignas

FL-RJ Faculdade Lusófona do Rio de Janeiro

FL-SP Faculdade Lusófona de São Paulo

FL-BA Faculdade Lusófona da Bahia

  • Se é estudante brasileiro e quer ser nosso aluno de graduação/licenciatura pode apresentar a sua candidatura através do Concurso para Estudantes Internacionais.

    O Concurso para Estudantes Internacionais aplica-se a alunos não residentes da União Europeia que ainda não tenham de curso superior, que pretendam frequentar um Curso de Graduação ou Mestrado Integrado.

    Podem candidatar -se à matrícula e inscrição nos ciclos de estudos da Universidade Lusófona os estudantes internacionais que:

    1. Titulares de uma qualificação que dê acesso ao ensino superior, entendida como qualquer diploma ou certificado emitido por uma autoridade competente que ateste a aprovação num programa de ensino e lhes confira o direito de se candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido;
    2. Titulares de um diploma de ensino secundário português ou de habilitação legalmente equivalente.

    Existem duas formas de Ingressar através do Regime de Estudante Internacional:

    1. Utilizando o ENEM ou
    2. Através de uma Prova de Ingresso Interna, realizada na nossa Universidade, destinada aos estudantes que não sejam portugueses e que não tenham realizado uma Prova de Ingresso ao Ensino Superior português.

    Não são abrangidos pela definição de estudante internacional os estudantes que:

    1. Os nacionais de um Estado membro da União Europeia;
    2. Os familiares de portugueses ou de nacionais de um Estado membro da União Europeia, independentemente da sua nacionalidade;
    3. Os que não sendo nacionais de um Estado membro da União Europeia e não estando abrangidos pela alínea anterior, residam legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior, bem como os filhos que com eles residam legalmente;
    4. Os que sejam beneficiários, em 1 de janeiro do ano em que pretendem ingressar no ensino superior, de estatuto de igualdade de direitos e deveres atribuídos ao abrigo de tratado internacional outorgado entre o Estado Português e o Estado de que são nacionais;
    5. Os que requeiram o ingresso no ensino superior através dos regimes especiais de acesso e ingresso regulados pelo Decreto -Lei n.º 393 -A/99, de 2 de outubro, alterado pelo Decreto -Lei n.º 272/2009, de 1 de outubro.

    Entende-se por familiares de portugueses ou de nacionais de um estado membro da União Europeia, independentemente da sua nacionalidade:

    1. O cônjuge de um cidadão da União;
    2. O parceiro com quem um cidadão da União vive em união de facto, constituída nos termos da lei, ou com quem o cidadão da União mantém uma relação permanente devidamente certificada, pela entidade competente do Estado membro onde reside;
    3. O descendente directo com menos de 21 anos de idade ou que esteja a cargo de um cidadão da União, assim como o do cônjuge ou do parceiro na acepção da subalínea anterior;
    4. O ascendente directo que esteja a cargo de um cidadão da União, assim como o do cônjuge ou do parceiro na acepção da subalínea ii).

    Concurso Especial de acesso e ingresso para estudantes internacionais - 2019-2020

  • Existem duas formas de Ingressar através do Regime de Estudante Internacional:

    • A Universidade Lusófona assinou acordo com INEP, que possibilita à Universidade acesso ao ENEM realizado pelos candidatos.
      Os alunos com Exame Nacional do Ensino Médio ENEM (Brasil) válidos ou que tenham realizado as provas nacionais de ingresso para titulares do ensino secundário português ficam dispensados da realização das provas internas e do pedido de equivalência ao ensino secundário português.
    • Se não tiver feito o ENEM é necessário realizar uma prova de ingresso interna e nesse caso deve guiar-se pelo Calendário de Candidaturas e Realização de Provas, aplicável ao ano letivo 2019/2020 e deverão verificar no curso ao qual se pretendem candidatar quais as provas de ingresso necessárias.
    • Com ENEM

      CANDIDATAR-ME COM ENEM

      Para a candidatura à Universidade Lusófona será válido todo o ENEM no qual os candidatos tenham obtido uma classificação igual ou superior a 95 pontos, numa escala de 0-200. Consulte a tabela de equivalências da prova ENEM e os passos para efetuar a conversão da sua classiticação.

      Passo a passo para que o candidato possa efetuar a conversão da sua classificação:

      • O acesso aos cursos de 1º ciclo (graduação) é realizado com a classificação do ENEM. A escala de classificação portuguesa funciona de 0-200 e a do ENEM de 0-1000.
      • Para efeitos de seriação, a conversão das classificações faz-se dividindo a nota obtida no ENEM por 5 (cinco).
      • Cálculo da nota de candidatura para alunos com ENEM válido (conversão para escala de notas portuguesa):
        Nota Final=Somatório das várias componente do ENEM * Ponderação * 200/1000

      Exemplo:
      Candidatura ao mestrado Integrado em Arquitetura.

      Elementos da Prova ENEM Classificação Ponderação Nota Ponderada
      LING 630 40% 252
      MAT 500 40% 200
      RED 960 20% 192
      Somatório das classificações ponderadas 644
      Nota Final 128.8

      Nota Final =(LING*40% + MAT*40% + RED*20%) * 200 / 1000
      =(630*40% + 500*40% + 960*20%) * 200 / 1000
      =128.8

      Nota: mínima final de candidatura: 95 pontos

    • Sem ENEM
  • Documentos

    • Candidaturas a graduação e mestrado integrado
        • Documento comprovativo da conclusão do Ensino Médio (diploma, certificado ou histórico escolar) - deve ser autenticado pelo Consulado Português no país emitente ou, se for caso disso, apostilados, nos termos da Convenção de Haia e traduzidos para a língua portuguesa por tradutor ajuramentado quando estiverem elaborados em língua diferente da portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa (enquanto espera pela apostila entregue uma cópia simples);
        • ENEM apostilado;
        • Ficha ENES 2019, apenas no caso de serem titulares do ensino secundário (Ensino Médio) português;
        • Fotocópia do passaporte ou de outro documento legalmente equivalente;
        • Declaração de compromisso de entrega posterior de Autorização de Residência (que deverá solicitar quando chegar a Portugal);
        • Deverá também obter equivalência ao Ensino Secundário português.
        • Certificado ou Diploma comprovativo da conclusão do ensino secundário português ou equivalente
        • Documento de identificação fotocópia do passaporte ou de outro documento legalmente equivalente
        • Documento que ateste conhecimento da lingua de ensino do curso a que se candidata *
        • ENEM Apostilado
        • Ficha ENES 2019
        • Declaração de compromisso de honra modelo será enviado por email após submissão da candidatura

      Pré-requisitos: Apenas para os candidatos à Licenciatura em Educação Física e Desporto.
      Declaração Médica comprovativa de que satisfaz o pré-requisito do Grupo E Aptidão Funcional e Física, nos termos do anexo VII da Deliberação da CNAES n.º218/2018 (obrigatória no ato de matrícula)

      • Todos os certificados e diplomas emitidos por Estados estrangeiros têm de evidenciar as circunstâncias da sua emissão de forma fidedigna e devem ser chancelados pelo Consulado Português no país emitente ou, se for caso disso, apostilados, nos termos da Convenção de Haia e traduzidos para língua portuguesa por tradutor ajuramentado quando estiverem elaborados em língua diferente da portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa.
      • Todos documentos supra referidos podem ser digitalizados e enviados por email. Devendo o aluno entregar os originais, para conferência, junto dos Serviços Académicos até ao início das aulas.
      • Caso os documentos mencionados no ponto anterior não sejam entregues nos Serviços para conferência, o Estudante não poderá frequentar as aulas e os Serviços da Universidade terão de informar o SEF - Serviço de Estrangeiros e Fronteiras que o Estudante se encontra em incumprimento.
    • Candidaturas a Mestrado

      Documentação a entregar:

      • Cópia do passaporte;
      • Diploma de Graduação (*);
      • Histórico Escolar de Graduação/Licenciatura (*);
      • Curriculum Vitae, datado e assinado;
      • Portfólio individual que permita avaliar o conteúdo artístico e profissional do candidato bem como da relevância da sua experiência passada. Este portfolio deverá ser preferencialmente entregue em arquivo digital - aplicável ao 2º Ciclo de
      • Estudos Cinematográficos;
      • Projeto individual contendo nota de intenções, sinopse e demais elementos que o candidato considere relevantes para a produção de uma obra cinematográfica de longa-metragem - aplicável ao 2º ciclo de Estudos Cinematográficos;
    • Candidaturas para Doutoramentos

      Documentação a entregar:

      • Cópia do passaporte
      • Diploma do Mestrado (*)
      • Histórico Escolar do mestrado (*)
      • Curriculum Vitae, datado e assinado;
      • Pré-Projeto de Tese.

      (*) Os diplomas e certificados devem ser autenticados pelo Consulado Português no país emitente ou, se for caso disso, apostilados, nos termos da Convenção de Haia e traduzidos para a língua portuguesa por tradutor ajuramentado quando estiverem elaborados em língua diferente da portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa.

    Valores a pagar

    Informação sobre Mensalidades

    • Os Estudantes Estrangeiros /internacionais beneficiam da mesma tabela de propinas (mensalidades) que todos os outros estudantes.
    • As mensalidades são pagas até ao dia 8 de cada mês.
    • Os estudantes internacionais / estrangeiros, de acordo com a ordem de serviço nº 8/2019 têm de liquidar as 2 primeiras mensalidades no ato da matrícula /inscrição.
    • Consulte os diferentes valores por curso.

    Os estudantes internacionais / estrangeiros têm de liquidar:

    No ato da Candidatura ano letivo 20/21

    1º ciclo (Licenciatura) / Mestrado Integrado (Estudante Internacional)
    225€
    Pós-graduação, Mestrado e Doutoramento
    325€

    No ato da Matrícula/Inscrição

    Inscrição + matrícula + seguro escolar + 2 mensalidades

    Propina (mensalidade)

    Consulte a página com informação dos valores de propina (mensalidades) / curso. Consulte também as regras aplicadas ao pagamento de propinas para alunos estrangeiros.

    Emolumentos a pagamento ano letivo 20/21 1º ciclo (Licenciatura) e Mestrados Integrados 2º ciclo (Mestrado) 3º ciclo (Doutorado) Pós-graduação
    Matricula (1) 240€ ------- ------- -------
    Matrícula (1) e (2) (Animação Digital; Ciência e Tecnologia do Som; Ciências Farmacêuticas; Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia; Fotografia; Videojogos) 499€ ------- ------- -------
    Matrícula (1) e (3) (Medicina Veterinária) 4995€ ------- ------- -------
    Matrícula/ Inscrição ------- 195€ 279€ 182€
    Inscrição 316€ ------- ------- -------
    Seguro Escolar 40€ 40€ 40€ 40€
    Declaração de Candidatura/Matrícula (4) 75€
    • 1. Valor de matrícula para estudantes que ingressam pela 1ª vez na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias;
    • 2. A matrícula poderá ser liquidada em 3 prestações sucessivas de idêntico valor em setembro, outubro e novembro;
    • 3. A matrícula poderá ser liquidas em 4 prestações sucessivas de idêntico valor em outubro, novembro, dezembro e janeiro.
    • 4. Para Estudante Internacional/ Estrangeiro:
      • No ato da matrícula/inscrição o Estudante Internacional/ Estrangeiro deverá liquidar as duas primeiras mensalidades da sua propina, tendo por base o número de ECTS de inscrição no ano letivo, considerando um mínimo de 20 ECTS de inscrições por semestre letivo. Até à liquidação deste montante não serão emitidas quaisquer declarações ao aluno, nomeadamente a declaração para efeitos de obtenção de visto para estudante.

    Lembre-se que em Portugal mensalidade=propina e taxas=emolumentos.

    Informação para pagamentos

    • Transferência bancária - comprovativo deve ser enviado, juntamente com o nº de aluno para tesouraria@ulusofona.pt.
    • Multibanco ou numerário - no balcão da Tesouraria.
    • Cheque - deve ser entregue no balção da Tesouraria à ordem de COFAC, crl.
    • Referência multibanco
    • Cartão de crédito VISA - dados disponíveis após submissão do formulário de Candidatura
    • PayPal - dados disponíveis após submissão do formulário de Candidatura

    Os candidatos que realizem o pagamento por VISA ou Paypal devem enviar o comprovativo de pagamento para o email tesouraria@ulusofona.pt

    Qualquer dúvida relativa a pagamentos deve ser exposta à Tesouraria através do email tesouraria@ulusofona.pt

Fases de Candidatura para Estudantes Internacionais 2020-21

Calendário de candidatura para o Concurso especial de acesso e ingresso para estudantes internacionais 2020-21
Data - Fases de Candidatura * Provas internas Divulgação dos resultados de colocação
2 novembro 2019 a 31 janeiro 2020 10 a 14 fevereiro 2020 2 março 2020
1 a 28 fevereiro 2020 * 9 a 13 março 2020 30 março 2020
29 fevereiro a 3 abril 2020 * 13 a 17 abril 2020 4 maio 2020
4 a 30 abril 2020 * 11 a 15 maio 2020 1 junho 2020
1 a 29 maio 2020 * 15 a 19 junho 2020 6 julho 2020
30 maio a 29 junho 2020 * 6 a 10 julho 2020 27 julho 2020
30 junho a 28 agosto 2020 * 7 a 11 setembro 2020 28 setembro 2020
29 agosto a 25 setembro 2020 * 6 a 12 outubro 2020 23 outubro 2020

* Vagas sobrantes
Nota: Caso existam vagas sobrantes serão definidas novas fases de candidaturas.

1ª Fase (de 10 a 14 fevereiro/2020)
Prova Data Hora
Prova de Aptidão à Língua Portuguesa 06 fevereiro de 2020 10.30h
Matemática A 10 fevereiro de 2020 15.00h
Português 11 fevereiro de 2020 15.00h
Física e Química A 12 fevereiro de 2020 15.00h
Biologia e Geologia 13 fevereiro de 2020 15.00h
Matemática Aplicada às Ciências Sociais 14 fevereiro de 2020 15.00h
2ª Fase (de 9 a 13 março/2020)
Prova Data Hora
Prova de Aptidão à Língua Portuguesa 05 março de 2020 10.30h
Matemática A 09 março de 2020 15.00h
Português 10 março de 2020 15.00h
Física e Química A 11 março de 2020 15.00h
Biologia e Geologia 12 março de 2020 15.00h
Matemática Aplicada às Ciências Sociais 13 março de 2020 15.00h
3ª Fase (de 13 a 17 abril/2020)
Prova Data Hora
Prova de Aptidão à Língua Portuguesa 09 abril de 2020 10.30h
Matemática A 13 abril de 2020 15.00h
Português 14 abril de 2020 15.00h
Física e Química A 15 abril de 2020 15.00h
Biologia e Geologia 16 abril de 2020 15.00h
Matemática Aplicada às Ciências Sociais 17 abril de 2020 15.00h
4ª Fase (de 11 a 15 maio/2020)
Prova Data Hora
Prova de Aptidão à Língua Portuguesa 07 maio de 2020 10.30h
Matemática A 11 maio de 2020 15.00h
Matemática Aplicada às Ciências Sociais 12 maio de 2020 15.00h
Português 13 maio de 2020 15.00h
Física e Química A 14 maio de 2020 15.00h
Biologia e Geologia 15 maio de 2020 15.00h
5ª Fase (de 15 a 19 junho/2020)
Prova Data Hora
Prova de Aptidão à Língua Portuguesa 15 junho de 2020 10.30h
Matemática A 19 junho de 2020 15.00h
Português 16 junho de 2020 15.00h
Física e Química A 17 junho de 2020 15.00h
Biologia e Geologia 18 junho de 2020 15.00h
Matemática Aplicada às Ciências Sociais 19 junho de 2020 15.00h
6ª Fase (de 6 a 10 julho/2020)
Prova Data Hora
Prova de Aptidão à Língua Portuguesa 02 de julho de 2020 10.30h
Matemática A 06 de julho de 2020 15.00h
Português 07 de julho de 2020 15.00h
Física e Química A 08 de julho de 2020 15.00h
Biologia e Geologia 09 de julho de 2020 15.00h
Matemática Aplicada às Ciências Sociais 10 de julho de 2020 15.00h
7ª Fase (de 7 a 11 setembro/2020)
Prova Data Hora
Prova de Aptidão à Língua Portuguesa 03 de setembro de 2020 10.30h
Matemática A 07 de setembro de 2020 15.00h
Português 08 de setembro de 2020 15.00h
Física e Química A 09 de setembro de 2020 15.00h
Biologia e Geologia 10 de setembro de 2020 15.00h
Matemática Aplicada às Ciências Sociais 11 de setembro de 2020 15.00h
8ª Fase (de 6 a 12 outubro/2020)
Prova Data Hora
Prova de Aptidão à Língua Portuguesa 01 de outubro de 2020 10.30h
Matemática A 06 de outubro de 2020 15.00h
Português 07 de outubro de 2020 15.00h
Física e Química A 08 de outubro de 2020 15.00h
Biologia e Geologia 09 de outubro de 2020 15.00h
Matemática Aplicada às Ciências Sociais 12 de outubro de 2020 15.00h

Matrizes das provas de ingresso