Vistos, Diplomas e Certificados

Vistos

Após apresentação de candidatura e pagamento das taxas (de candidatura e da Declaração de Concessão de Visto) deve dirigir-se à Embaixada de Portugal ou ao Consulado português mais perto da sua área de residência.

Na página do Serviço de Estrangeiros e Fronteira (SEF) encontra todas as informações sobre o Visto de residência para estudo e a documentação que terá que apresentar.

Depois de chegar a Portugal, o seu visto, que terá validade de 120 dias, terá que ser substituído por uma Autorização de Residência, para esse efeito deverá dirigir-se ao SEF até um mês antes do termo de validade do mesmo e apresentar uma Declaração de Matrícula na Universidade Lusófona.

Na posse da sua Autorização de Residência, desde que solicite permissão ao SEF, o estudante poderá estudar e trabalhar durante o período de residência no país.

Diplomas e Certificados

Os diplomas e certificados têm de evidenciar as circunstâncias da sua emissão de forma fidedigna e devem ser autenticados pelo Consulado Português no país emitente ou, se for caso disso, apostilados, nos termos da Convenção de Haia e traduzidos para a língua portuguesa por tradutor ajuramentado quando estiverem elaborados em língua diferente da portuguesa, espanhola, francesa ou inglesa.

Dos diplomas e certificados referidos no nº 1 do Regulamento tem de constar, obrigatoriamente, a escala de classificação e a classificação final obtida no programa de ensino bem como que confere aos estudantes internacionais o direito de se poder candidatar e poder ingressar no ensino superior no país em que foi conferido.